sexta-feira, 18 de março de 2016

Maria Rita traz show "Piano e voz" para São Caetano dia 2 de abril

MARIA RITA - "PIANO E VOZ"
A Up Eventos traz para São Caetano do Sul o show Voz e Piano, da ganhadora de onze prêmios Grammy Latino, Maria Rita.
Dia 02 de abril de 2016, no Teatro Paulo Machado de Carvalho, a aclamada filha de Elis Regina vem para o ABC, junto do pianista Tiago Costa, para reviver clássicos de toda a sua discografia, como: "Encontros e Despedidas", "Romaria", "Cara Valente" e "Agora Só Falta Você".

Foto: Divulgação.


Apresentados de maneira essencial, trazendo a letra, a canção e a interpretação para o primeiro plano, junto com emoção e muito significado... Um show intimista, transitado pelo sofisticado ritmo do jazz, uma viagem musical!
Maria Rita tem seis discos gravados, sendo o mais recente Coração a Batucar, de 2014, que conta com os singles: Rumo ao Infinito e É Corpo, É Alma, É Religião.
O CD de 2014 foi também vencedor do Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba de 2014, além de ter rendido um Disco de Ouro e turnês pelas principais cidades brasileiras, além de Europa, América Latina e Estados Unidos.
Classificação: Livre.
Meia Entrada: Estudantes, Pessoa com deficiência e um acompanhante, Idosos (pessoas com mais de 60 anos), Jovens pertencentes a famílias de baixa renda, com idades de 15 a 29 anos, Diretores, coordenadores pedagógicos, supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas das redes estadual e municipais, Professores da rede pública estadual e das redes municipais de ensino.
Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência: PET STOPEndereço: Alameda São Caetano, 1807 - Santa Maria - São Caetano do Sul
Horário de Funcionamento: Segunda a Sábado das 10:00hs até as 18:00hs.
Serviço: 
Maria Rita: "Piano e voz"
Quando: 02 de abril - sábado,  às 19h00
TEATRO PAULO MACHADO DE CARVALHO
Alameda Conde de Porto Alegre, 840 - Santa Maria
São Caetano do Sul - SP

Realização: UP Eventos


Guilherme Arantes completa 40 anos de carreira e quem ganha o presente são vocês!


Guilherme Arantes completa 40 anos de carreira em 2016 e para comemorar essa data tão especial, traz um show onde mostra o porquê é um compositor aclamado pela crítica e público. Com mais de 25 temas de novelas e mais de 20 álbuns lançados, Guilherme Arantes apresenta nesse novo show como surgiram suas criações, em um clima intimista, apenas com voz e piano.

Dia 30 de julho, no Teatro Municipal Paulo Machado de Carvalho em São Caetano do Sul / SP.


Foto: Divulgação.


Nos anos 70, emplacou temas de novelas (“Meu Mundo e Nada Mais”, “Cuide-se Bem”, “Amanhã”), temas duradouros como “Extase”, abriu os anos 80 com o sucesso de “Aprendendo a Jogar” (na voz de Elis Regina). Na parceria com Julio Barroso ajudou a consolidar o rockBR com“Perdidos na Selva” (Gang 90) e a partir daí invadiu as FMs com uma sequência de hits como “Deixa Chover”, “Planeta Água”, “O Melhor Vai Começar”, “Lance Legal”, “Pedacinhos”, além de abastecer especiais infantis (“Lindo Balão Azul” em “Pirlimpimpim” e “Brincar de Viver” com Bethânia em “Plunct Plact Zum”). Consolidou carreira com grandes shows e sucessos como “Cheia de Charme” e “Coisas do Brasil” se tornando um nome nacional e referência para várias gerações.
Nestes 40 anos de carreira, além dos maios de 25 temas de novela, as gravadoras extraíram um número impressionante de coletâneas (40 no total) e Guilherme passou a ser revisitado por artistas das mais diversas correntes e em mais de uma centena de regravações.
Depois de um hiato de seis anos sem lançar álbum inédito (o último “Lotus” foi lançado em 2007), GA resolveu “verticalizar” a auto-produção em “Condição Humana” (2013), 26º. disco da carreira (o 21º de inéditas), no estúdio que implantou na Bahia com o selo Coaxo do Sapo.
“Condição Humana” é sucesso de público e crítica e trouxe Guilheme de volta às paradas de sucessos com os novos clássicos “Olhar Estrangeiro”, “Onde Estava Você”, “O Que Se Leva” e “Tudo que eu só fiz por você”. O trabalho ganhou o Prêmio Multishow como o “Melhor CD do Ano”, em 2013.
O artista conta com quase de 930 mil pessoas na sua fanpage no Facebook e tem um dos maiores engajamentos da plataforma.

SERVIÇO:

ABERTURA DA CASA: 19:30 HORAS 
PREVISÃO DE INÍCIO DO SHOW: 21:00 HORAS 

Preços 1º lote:
Inteira 120,00
Meia 60,00

Venda ONLINE:

Venda no teatro: Apenas na semana do show

Pontos de venda:

Felipe Neto estará dia 29 de abril no Externato Santo Antônio


A Up Eventos traz novamente para o ABC, depois de uma sessão lotada e aplaudida, o comediante, vlogger, empresário e escritor Felipe Neto!

No dia 29 de abril de 2016, o primeiro brasileiro a criar um canal no Youtube a atingir 1 milhão de inscritos, apresentará no palco do Externato Santo Antônio: Sua tour de Stand Up, “Minha vida não faz sentido”. 

Foto: Divulgação.


Seu Stand Up não é convencional, é como uma peça de 1 ator, cujo roteiro também foi escrito por ele, seguindo muito de perto a marca que o tornou fenômeno entre os internautas: a capacidade de triturar clichês. 

Não percam!

Preços 1º lote: 
R$ 40,00 (Meia entrada) - R$ 80,00 (Inteira)

Data: 29/04/2016
Abertura: 19:00
Show: 21:00
Local: EXTERNATO SANTO ANTÔNIO
Endereço: R. São Luís, 80 - Santa Paula, São Caetano do Sul - SP, 09541-460


PONTOS DE VENDAS FÍSICOS DO ABC:


- SANTO ANDRÉ:

- POSTO IPIRANGA GRAVATINHA-
Endereço:
Av. Portugal, 1.756 - Jd. Bela Vista - Santo André /SP
Horário de Atendimento:
Segunda a Sábado das 10:00 às 21:00
Feriado das 10:00 às 18:00.
Formas de Pagamento:
Amex, Aura, Diners, Dinheiro, Hipercard, Mastercard, Redeshop, Visa e Visa Electron.

Para checar os pontos de vendas em toda SP: https://www.ingressorapido.com.br/PontosVenda.aspx

quinta-feira, 17 de março de 2016

ARTE – Substantivo Feminino traz o mito da negra Anastácia em Oju Orum, espetáculo infanto juvenil, com o Coletivo Quizumba, no Sesc Belenzinho

Em cena, elementos da cultura africana e afro-brasileira - a capoeira angola, o samba, o funk e as narrativas orais – como base da pesquisa do espetáculo.

Quatro mulheres (Anastácia, Alice, Alzira e Anita) em períodos históricos distintos. Em comum,  o fato de serem pessoas que, em algum momento das trajetórias, sofreram algum tipo de violência, seja ela simbólica ou não. Com esse mote e direção de Johana Albuquerque, o Coletivo Quizumba faz OJU ORUMque se apresenta no projeto ARTE – Substantivo Feminino, no Sesc Belenzinho de 24 a 27 de março de 2016O espetáculo é resultado do projetoSantas de Casa Também Fazem Milagres, contemplado com a Lei de Fomento da Cidade de São Paulo, em sua 25ª edição.
Tendo como elemento disparador o mito da negra Anastácia, o espetáculo Oju Orum apresenta a história de quatro mulheres, em espaços e tempos distintos e simultâneos. Suas narrativas expõem, simbolicamente, os discursos de poder que estão por trás da construção de gêneros. Caladas nas falas e corpos, essas quatro jovens procuram construir uma voz que lhes permita questionar e ressignificar suas vidas.
A direção de Johana Albuquerque é focada no público jovem e tem como base de pesquisa elementos da cultura africana e afro-brasileira, tais como a capoeira angola, o samba, o funk e as narrativas orais. A pesquisa para a dramaturgia desse espetáculo surgiu das muitas versões da história da negra Anastácia (Oju Orum, originalmente), trazida ao Brasil como escrava.

Foto: Alicia Peres

A peça não pretende trazer uma versão da mulher somente como vítima, e sim como ser histórico, sujeito e objeto dessas situações, trazendo à tona histórias de mulheres comuns, as vivências, experiências e lutas.
Uma busca por contar outras narrativas que vão para além da história hegemônica que impõe, em geral, a perspectiva masculina, heteronormativa, adulta, branca, urbana. É pela força do questionamento que acreditam também no poder de um teatro voltado para juventude e na cultura afro como disparadores éticos e estéticos.
Histórico – Coletivo Quizumba
Fundado em 2008, o Coletivo Quizumba sempre teve as pesquisas pautadas pela cultura afro-brasileira. Os experimentos narrativos iniciaram-se em 2009 e, em 2010, com a estreia do primeiro espetáculo: Quizumba!, contemplado com o Edital ProAC de Montagem de Espetáculo Inédito, da Secretaria do Estado da Cultura de São Paulo.
Em 2012, a partir do estudo sobre a figura do Griot e dos narradores da cultura popular, o grupo estreou Cantos de Aiyê, baseado em contos oriundos de diversos povos do continente africano. Na sequência, em 2013, nasceu o projetoToguna: narrativas afro-brasileiras.
Contemplado com o Edital ProAC Ocupação de Bibliotecas, ainda em 2013, o coletivo realizou, na Biblioteca Municipal Paulo Duarte, espaço temático especializado em cultura afro-brasileira, um projeto que envolveu apresentações teatrais, shows musicais, mesas de debate, oficinas artísticas, exposições e um sarau. Todas as ações envolveram a comunidade da região do Jabaquara (Zona Sul de São Paulo).
O repertório do Coletivo Quizumba foi apresentado em espaços variados, por diversas cidades do país. Além da capital paulista, já estiveram em Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Sorocaba, Campinas, Salto de Pirapora, Lins, Goiânia - GO e Salvador - BA.
ARTE – Substantivo Feminino

O ARTE – Substantivo Feminino põe luz na mulher, como foco principal de obras escolhidas por trazerem temáticas relevantes e de diferentes pontos de vista sobre o feminino. A ideia é abordar a mulher nas artes,tanto no conteúdo das obras – suas lutas em batalhas, dentro da história e da sociedade –, quanto na gestão e criação dos trabalhos.

Foto: Alicia Peres



Ficha técnica 
Dramaturgia - Tadeu Renato
Encenação - Johana Albuquerque
Co-Direção - Sofia Botelho
Elenco - Camila Andrade, Jefferson Matias, Kenan Bernardes, Thais Dias e Valéria Rocha Músicos - Bel Borges e Melvin Santhana
Direção e Concepção Musical - Jonathan Silva
Preparadora Musical - Bel Borges
Direção em Dança - Verônica Santos
Treinamento Em Capoeira Angola - Pedro Peu
Cenário - Julio Dojcsar - Casa Da Lapa
Figurinos - Éder Lopes
Iluminação - Wagner Antonio
Operador de Luz - André Rodrigues
Brincante (Adereços) - Cleydson Catarina
Visagista - Ariane Molina
Documentarista - Alicia Peres
Designer Gráfico - Murilo Thaveira - Casa Da Lapa
Produção - Coletivo Quizumba

TEATRO INFANTO JUVENIL
OJU ORUM
De 24 a 27 de março de 2016, quinta-feira, às 19h, e sábado e domingo, às 17h.
*sexta-feira não haverá apresentação
Tendo como elemento disparador o mito da negra Anastácia, o espetáculo apresenta a história dessas quatro mulheres, em espaços e tempos distintos e simultâneos. Suas narrativas expõem, simbolicamente, os discursos de poder que estão por trás da construção de gêneros. Caladas em suas falas e corpos, essas jovens procuram construir uma voz que lhes permita questionar e ressignificar suas vidas. A obra não pretende trazer uma versão da mulher somente como vítima, e sim como ser histórico, sujeito e objeto dessas situações, trazendo à tona histórias de mulheres comuns, suas vivências, experiências e lutas. Uma busca por contar outras narrativas que vão para além da história hegemônica que impõe, em geral, a perspectiva masculina, heteronormativa, adulta, branca, urbana. É pela força do questionamento que acreditamos também no poder de um teatro voltado para juventude e na cultura afro como disparadores éticos e estéticos.


Sala de Espetáculos I. Duração: 95 minutos
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante); R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).
Não recomendado para menores de 14 anos.

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – São Paulo (SP
Telefone: (11) 2076-9700

Estacionamento
Para espetáculos com venda de ingressos:
R$ 11,00 (não matriculado);
R$ 5,50 (matriculado no SESC - trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/ usuário).

Assessoria de Imprensa e Credenciamento:
Sesc Belenzinho
Jacqueline Guerra: (11) 2076-9762
Sueli Freitas: (11) 2076-9763
SESC SP | Facebook | Twitter


Informações à imprensa
Canal Aberto Assessoria de Imprensa
Fone: 11 2914 0770

Márcia Marques > Celular: 11 9 9126 0425

Daniele Valério > Celulares: 11 9 6705 0425/ 9 8435 6614













quarta-feira, 16 de março de 2016

Conjunto de Música Antiga da USP se apresenta na série Tardes Musicais da Fundação Ema Klabin

Nesse dia, 19 de março, a Fundação ainda promove palestra, dois documentários sobre meio ambiente, visita mediada à casa-museu e uma feira de trocas. Tudo com entrada franca.

O Conjunto de Música Antiga da USP se apresenta na Fundação Ema Klabin pelo Programa Tardes Musicais, no próximo sábado, 19 de março, a partir das 16h30.
Criado em 2001, o grupo reúne alunos e professores do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo, além de profissionais convidados. 
Considerado pioneiro na apresentação de Música Antiga no âmbito das universidades brasileiras, o conjunto utiliza cópias de instrumentos dos séculos XVI ao XVIII, período em que se concentra seu repertório.
O concerto irá explorar uma viagem temporal pelo barroco. A seleção do repertório inclui: Corelli - Concerto Nº 4 em Ré Maior Op. 6 A. Vivaldi - Concerto para cordas em Sol menor, RV 157; A. Corelli - Sonata No. 12 "Ciacona", Op. 2; G. Ph. Telemann - Suite-Ouverture "Burslesque de Quixotte". 
O grupo é formado por: Clara Sawada, Marcus Held, Lucas Biscaro, André Angenendt, Letizia Roa, (Violinos); Verônica Rosa (Viola); Diego Alves, Felipe Parisi (Cellos); Gilberto Chacur (Contrabaixo); Pedro Diniz (Cravo); José Calixto (Teorba).

Serviço
Data:  19 de março – sábado
16h30 -  Programa Tardes Musicais – Concerto Conjunto de Música Antiga da ECA – USP
14h: Documentários: “Pirajuçara: bacia do concreto” e “Entre Rios: A urbanização de São Paulo” e Feira de trocas – livre
14h às 15h30 – Visita mediadas à casa-museu
11h - Palestra “Urbanização e percepção do risco”, Samia Sulaiman 
Entrada franca
Livre
Fundação Ema Klabin:  Rua Portugal, 43 - Jardim Europa - São Paulo 
Fones: 11 3897-3232  



 Foto: Ernesto Ett

Sesi Mauá apresenta comédia musical infantil gratuita

SESI Mauá apresenta nos dias 18 e 19 de março, sexta às 15h e sábado às 16h, O Mistério da Bomba H___, com direção de Anna Campos. A entrada é gratuita e os ingressos podem ser reservados antecipadamente pelo Meu SESI (www.sesisp.org.br/meu-sesi).

Foto: Anna Campos

A peça conta que, em meio à visita de um famoso ator de televisão e a uma ameaça de atentado terrorista, no qual seria utilizada a terrível bomba H___, entram em cena fãs histéricas, super-herói, autoridades e malandros que, entre disfarces, amores impossíveis e perseguições, representam o embate entre frangos e perus que movimenta Galinópolis e seus habitantes.
Anna Campos lançou mão de um trabalho intenso dos atores para interpretar galinhas, perus e aves. A trilha musical é toda executada ao vivo pelo elenco, O Mistério da Bomba H__ tem direção musical do vencedor do prêmio SINPARC 2011, Tatá Santana.

Ficha técnica
Direção: Anna Campos | Texto: Antonio Hildebrando | Trilha Sonora Original: Tatá Santana | Elenco: Enedson Gomes, Helaine Freitas, Isabella Arvelos, Ítalo Mendes e Pablo Barcelos | Figurinos: Conceição Bicalho e Ivanil Fernandes| Cenário: Daniel Ducato | Criação e Confecção dos Bonecos: Daniel Ducato | Produção: Grupo Oriundo de Teatro| Realização: Grupo Oriundo de Teatro.

SERVIÇO
Local: SESI Mauá – Av. Presidente Castelo Branco, 237, Jardim Zaira.
Alvará 030100-0, válido até 11/9/2016 | AVCB 127371, válido até 11/9/2016 Datas e horários: 18 e 19 de março, sexta às 15h e sábado às 16h
Capacidade: 131 lugares 02 para cadeirantes
Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: Livre
Modalidade: Infanto-juvenil
Gênero: Comédia musical
Informações: 4542-8977 e 4542-8978
Entrada gratuita – Os ingressos podem ser reservados pela internet http://www.sesisp.org.br/meu-sesi e por telefone.




terça-feira, 15 de março de 2016

ParkShoppingSãoCaetano promove atividade Food Truck de Páscoa

Evento gratuito contará com oficinas de culinária infantil onde os pequenos irão se divertir com o passo a passo de receitas fáceis e práticas

         Do dia 11 a 27 de março a Praça de Eventos do ParkShoppingSãoCaetano irá se transformar no delicioso espaço Food Truck de Páscoa para animar e entreter as crianças na época mais saborosa do ano.



           Em um cenário lúdico produzido especialmente para o evento, crianças de 4 a 12 anos poderão participar de oficinas culinárias para aprenderem a preparar biscoitos em formato de coelho e bolo de potinho, todos com um ingrediente essencial: o chocolate. As sessões recebem turmas de até 20 crianças com duração aproximada de 30 minutos.



          Para os pequeninos, menores de 4 anos, o Espaço Baby, contará com piscina de bolinhas, gangorra, balanço de cavalinho e pintura de desenhos com a temática da época.
         "Na data mais saborosa do ano, o ParkShoppingSãoCaetano preparou uma atividade lúdica que consegue alinhar entretenimento e criatividade", comenta Renata Belardinucci, gerente de marketing do empreendimento.

Fotos: Divulgação.

Food Truck de Páscoa - ParkShoppingSãoCaetano
Data: De 11 a 27 de março
Horário: 14h às 19h30
Local: Praça de Eventos
Atividade Gratuita
Endereço: Alameda Terracota, 545, Espaço Cerâmica, São Caetano do Sul – SP
Horário de funcionamento do Shopping 
Lojas: Diariamente das 10h30 às 22h30
Praça de Alimentação: Segunda a sábado, das 11h às 23h; domingos e feriado, das 11h às 22h

Informações: 4003-4174 e www.parkshoppingsaocaetano.com.br  

      /pssaocaetano /parkshoppingsaocaetano

Sons da NOVA comemora 30 anos da carreira de Jair Oliveira

O Projeto Sons da NOVA leva ao palco do Bar Brahma, no Centro de São Paulo, o cantor Jair Oliveira, que comemora 30 anos da carreira, em três apresentações, nos dias 8, 9 e 10 de abril.
Sua trajetória artística começou em meados de 1981, ao lado do pai, Jair Rodrigues. Em seguida, alcançou grande sucesso como Jairzinho, no grupo infantil Balão Mágico, aos seis anos de idade. O tempo passou e Jair Oliveira se tornou um respeitado representante da jovem Música Popular Brasileira, como cantor, compositor e produtor.

Foto: Divulgação.

O artista apresenta seu disco “Jair Oliveira 30”, que foi lançado em DVD e Blu-ray, mescla diferentes vertentes e experiências musicais ao longo de sua carreira - do samba ao jazz, do soul ao ‘funk setentista’, do clássico à música popular, narrando sua trajetória, influências, experiências, brasilidade, musicalidade e talento.
Acompanhado por experientes músicos, o show traz no repertório canções como “Tiro Onda”, “Você por Perto”, “Mulata Rainha”, “Falso Amor” e algumas surpresas.

Os ingressos já podem ser adquiridos na bilheteria do Bar Brahma - Centro, pelo telefone 11 3224-1251 e também pela internet (www.totalacesso.com.br).

NOVABRASIL FM
A rede de rádios NOVABRASIL FM está presente em cinco cidades brasileiras - São Paulo 89,7; Campinas 103,7; Brasília 97,5; Salvador 104,7; e Recife 94,3. Em seu DNA, a Rádio tem a preocupação de sempre promover a cultura musical do brasileiro, lançando artistas e consagrando os novos ídolos. Com um público qualificado e fiel, composto por formadores de opinião das classes A e B, a NOVABRASIL FM se destaca entre suas concorrentes por sua programação diferenciada, o melhor da moderna música brasileira. www.novabrasilfm.com.br

Sons da NOVA
O objetivo de aproximar o público de seus ídolos deu início a um projeto especial da NOVABRASIL FM. Trata-se do Sons da NOVA, que mensalmente apresenta shows de artistas nacionais queridos pelos ouvintes da rádio, alternando entre grandes eventos e outros em clima intimista. A rede de Rádios NOVABRASIL FM está presente em cinco cidades brasileiras - São Paulo 89,7; Campinas 103,7; Brasília 97,5; Salvador 104,7; e Recife 94,3 – com o compromisso de levar ao público, através de uma programação diferenciada, o melhor da moderna música brasileira. www.novabrasilfm.com.br.
SONS DA NOVA COM JAIR OLIVEIRA
Local| Bar Brahma – Centro
Endereço| Av. São João, 677 Centro- SP (Cruzamento com Av. Ipiranga)
Data| 8, 9 e 10 de abril
Horário| 22h    
Preço| R$ 70,00
Telefone| 11 3224 - 1251
Capacidade| 185 pessoas sentadas
Censura| 18 anos
Duração| Aproximadamente 1h30
Abertura da casa| 2h antes do espetáculo
Formas de pagamento| Dinheiro / cartões de crédito Visa, Mastercard); (cartões de débito Visa)
Estacionamento com manobrista| R$ 20,00
Ar condicionado
Acesso para portadores de necessidades especiais
Informações e compra de ingressos:

# BAR BRAHMA - Avenida São João, 677 - Centro.
(Horário de atendimento: segunda à sexta, das 10h às 21h - Sábado das 10h às 19h)

# COMPRA POR TELEFONE - Bar Brahma - Tel: 11 3224 - 1251
(Horário de atendimento: segunda à sexta, das 10h às 21h - Sábado das 10h às 19h)
(Formas de Pagamento: (Cartões de crédito Visa, Mastercard); (cartões de débito Visa);

# COMPRA PELA INTERNET:
 (Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard); (cartões de débito Visa).

# PONTOS DE VENDA CAPITAL, INTERIOR E OUTROS ESTADOS

Sesc Belenzinho: show com Aline Calixto, Dona Inah e Glória Bonfim

O projeto ARTE – Substantivo Feminino apresenta, no dia 18 de março(sexta-feira)o show “Desde o Tempo das Tias”, com as cantoras Aline Calixto, Dona Inah e Glória Bonfim, que farão uma homenagem à figura das tias, lideranças femininas que desde o surgimento do samba urbano representam autoridades comunitárias do gênero. A apresentação será na Comedoria do Sesc Belenzinho, a partir das 21h30 e faz parte do projeto ARTE – Substantivo Feminino.

ARTE – Substantivo Feminino se instalou no Sesc Belenzinho para trazer uma série de apresentações, sejam espetáculos, oficinas, intervenções e shows, todas com a temática do feminino. A mulher aqui está no centro da questão. As obras escolhidas exploram diferentes pontos de vista sobre o feminino, abordando suas lutas dentro da história e da sociedade. Confira a programação completa no site do Sesc.





No palco, as três sambistas de diferentes gerações vão celebrar estas mulheres, que são tão importantes no carnaval, mas não só. É por causa delas, que as alas das baianas hoje são obrigatórias nos desfiles das escolas de samba. Elas serão acompanhadas por uma banda base, formada por alguns dos principais músicos de samba da cidade de São Paulo: Ignez Francisco da Silva (violão 7 cordas), Milton de Mori (bandolim), Paulo Henrique de Mori (percussão), Gabriela Silveira de Andrade (percussão) e Getúlio Franco Ribeiro (cavaquinho). A direção musical é do violonista Marco Bailão e do bandolinista Miltinho Mori.

E a escolha dessas três artistas fica clara, quando conhecemos um pouco da carreira de cada uma delas.




Dona Inah
Dona Inah foi a primeiro negra a subir ao palco do “Araras Clube”, reduto da elite de Araras, cidade no interior paulista  onde nasceu em 1935. Mesmo ganhando um concurso em Santo André, aos 20 anos, a carreira seguiu difícil e acabou se afastando da vida de artista para trabalhar em casas de família e cozinhas. Em 2002, houve uma virada em sua vida com o convite do produtor Heron Coelho para participar, ao lado de Marília Medalha e de Fabiana Cozza, do musical “Rainha Quelé”, em homenagem à Clementina de Jesus. Dois anos depois, gravou o primeiro disco “Divino meu samba” (2004), depois vieram “Olha quem chega” (2007) e “Fonte de Emoção” (2013). Neste show, Dona Inah interpreta clássicos de sambistas como Cartola, Nelson Cavaquinho e Dona Ivone Lara.


Glória Bomfim
A baiana de Areal trabalhou como empregada doméstica em Salvador, como manicure em Copabacana, bairro nobre do Rio de Janeiro e como cozinheira nas casas de Renato Aragão e do casal Paulo César Pinheiro e Luciana Rabello. Glória Bomfim começou sua carreira aos poucos, assim como Dona Inah. Na década de 1980 frequentou as rodas de samba na quadra da Portela, onde, a pedidos de Mestre Marçal, sempre interpretava sambas de João Nogueira e Paulo César Pinheiro. 



O primeiro disco só foi sair em 2007, "Santo e Orixá", no qual prestou homenagem aos rituais e à simbologia do Candomblé, disco que foi relançado em 2011 pela Biscoito Fino. Hoje, Glória é babalorixá e autoridade nas rodas de samba do Rio de Janeiro. Para esta apresentação,Glória Bonfim canta os santos e orixás passando pelas canções “Encantadeira”, “Ogum Menino”, “Gameleira Branca” e “Anel de Aço”.

Aline Calixto
Representando a terceira geração do samba, Aline Calixto é carioca, mas aos seis anos foi morar em Belo Horizonte (MG) e aqui também representa uma nova mulher. Emancipada, independente, poderosa e feminista. Todos esses traços de sua personalidade estão no terceiro álbum, “Meu Ziriguidum” (2015). Defensora da causa da mulher, a cantora afirma que ainda há muito machismo na esfera do samba, mas mesmo assim a coisa vem mudando. “Primeiro, o machismo dentro do samba vem de uma esfera maior. Poucas mulheres se destacaram no samba e as que conseguiram tiveram que enfrentar muitas barreiras e quebrar muito paradigmas para a afirmação de sua arte”, comenta.



Recentemente, ela foi a porta-voz de mulheres indignadas com o desfile do novo uniforme do Clube Atlético Mineiro, que levou modelos para a passarela, apenas com a camiseta nova do clube e roupa íntima. Nesta experiência, para ela, o que mais chocou foi ver mulheres reafirmando o machismo. “Eu nem julgo estas mulheres, porque muitas delas ocuparam durante a vida toda o papel de coadjuvantes ou falam isso, porque não entendem o que é o feminismo. E o feminismo não se impor contra o outro. O que queremos são direitos iguais e parar de tratar o corpo feminino como um objeto. Isso é cultural e precisa ser quebrado”.

SERVIÇO
“Desde o Tempo das Tias”
 com Aline Calixto, Dona Inah e Glória Bonfim
Local: Comedoria
Dia: 18 de março, às 21h30
Duração: 1h30
Classificação: Não recomendado para menores de 18 anos.
Ingressos: R$ 25,00 (inteira). R$ 12,50 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência). R$ 7,50 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). Ingressos à venda pelo Portalwww.sescsp.org.br e nas bilheterias do SescSP. Venda limitada a quatro ingressos por pessoa. Não é permitida a entrada após o início do espetáculo.

SESC BELENZINHO
Endereço: R. Padre Adelino, 1000
Tel.: 11 2076- 9700

Assessoria de Imprensa:
Com Canal Aberto | Márcia Marques | Alessandra Braz
Contatos: (11) 2914 0770 / 99126 0425 / 94552 5625